Pesquisa Google

8 de fev de 2012

"(...) podemos estabelecer uma separação entre Direito e Justiça, na medida em que o primeiro se contenta com o cumprimento do ato justo, e o segundo exige, além do cumprimento das coisas justas, pleno conhecimento e adesão de vontade, como toda virtude." (BICUDO. A justiça aristotélica. 1989, p. 115)

Nenhum comentário:

Postar um comentário