Pesquisa Google

25 de jan de 2010

"Eu te amei muito. Nunca disse, como você também não disse, mas acho que você soube. Pena que as grandes e as cucas confusas não saibam amar. Pena também que a gente se envergonhe de dizer, a gente não devia ter vergonha do que é bonito. Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas. Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei e tornei a fugir. São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas — se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso. Essas coisas não pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse do muito amor e ternura que eu tinha — e tenho — pra você. Acho que é bom a gente saber que existe desse jeito em alguém, como você existe em mim.”


C.F.A

18 de jan de 2010



Talvez um dia você perceba que eu faço falta na sua vida, e essa fαlta é um espaço a ser preenchido. Talvez um dia, no meio de tantas, posso até não ser aquela que você sonha, mas sou a pessoa que mais te completa e talvez no exato momento que você perceber tudo isso, eu descubra que estar com você não vale mais a pena.

16 de jan de 2010


"Quando a última árvore tiver caído,
Quando o último rio tiver secado,
Quando o último peixe for pescado,
Vocês vão entender que dinheiro não se come!"

(Greenpeace)

15 de jan de 2010

São Paulo terá parque em homenagem a Zilda Arns

SÃO PAULO - O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), inaugura amanhã, às 11h30, um parque em homenagem à fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, que morreu terça-feira no terremoto na capital do Haiti, Porto Príncipe. A inauguração estava prevista desde o início da semana, mas, com a morte da médica, Serra anunciou anteontem que daria o nome de Zilda ao espaço.

O Parque da Integração Zilda Arns fica na zona leste da capital paulista, entre os bairros de Sapopemba e São Mateus. É um parque linear, que acompanha a faixa onde estão aterradas as tubulações da adutora Rio Claro da Companhia de Saneamento do Estado (Sabesp).

Segundo o governo de São Paulo, esse será o quarto maior parque linear do mundo e o décimo maior da Capital, com 7,5 quilômetros de extensão e 224 mil metros quadrados. Ele terá espaços interativos de esporte, entretenimento e cultura.
 
 
 
Fonte:  http://www.estadao.com.br/noticias/geral,sao-paulo-tera-parque-em-homenagem-a-zilda-arns,496430,0.htm

13 de jan de 2010



Mas se me perguntar do que preciso, serei sincera, e direi que preciso (muito) de você